Espectrômetro de Massa, cadeia de suprimento, segurança, aplicações

Espectrômetro de Massa

A existência desta tecnologia não é muito difundida, as aplicações porém são de vital importância.

Tomei conhecimento da existência do equipamento há muitos anos atrás ao acompanhar agentes da Polícia Federal inspecionando mercadorias recebidas do exterior – o espectrômetro de massa, à época, era utilizado para detectar narcóticos ou material explosivo entrando ilegalmente pelos aeroportos.

Ainda hoje é utilizado por agentes da Polícia Federal em aeroportos internacionais, no combate a delitos transnacionais, e na interceptação de mercadorias importadas com valor abaixo do declarado em nota.

Procedimentos de segurança, em projetos de alto risco, precisam utilizar tal maquinário para evitar uma possível infiltração malígina da cadeia produtiva, em missões críticas.

Foi atribuído a um ator “desconhecido” a inserção de explosivos dentro de grandes peças de mármore adquiridas pelo Irâ, para serem usadas como base das centrífugas em sua usina de enriquecimento de Urânio.

Caso tivessem empregado o espectrômetro de massa na fiscalização do material recebido, a sabotagem teria sido detectada previamente.

Após determinado tempo em funcionamento, por ondas ou temporizador, os artefatos escondidos no mármore foram acionados, e ocorreu uma enorme explosão dentro da usina, avariando equipamento e possivelmente pessoal. A missão crítica foi atrasada alguns meses.

A Importância do controle de acesso

Instalações críticas precisam ter o acesso restringido a pessoal autorizado, porém esta regra de ouro pode ter algumas “brechas legais ou tecnológicas”, que colocam em risco operações.

Supondo que o artefato dentro do mármore tenha sido ativado com “temporizador iniciado por acionamento via ondas”, e que a instalação de pesquisa/enriquecimento tivesse propriamente protegida contra ondas externas, alguém poderia ainda assim enviar um sinal de ativação via smartphone infectado ou outro aparelho emissor, de dentro da instalação; os portadores poderiam ser visitantes ou inspetores internacionais.

O vetor ideal, porém, seria a infecção de um smartphone de pessoal autorizado a trabalhar na instalação, sem o conhecimento do mesmo, aparelho este sem as últimas atualizações de segurança instaladas – ou totalmente atualizado, dependendo do “budget” da operação.

Tal integração de sistemas é medianamente avançada, e com os especialistas corretos trabalhando juntos, pode ser montada uma prova-de-conceito funcional, não-miniaturizada, em menos de 48 horas – excluindo o exploit necessário para o smartphone completamente atualizado.

Caso a instituição responsável pelo recebimento da matéria-prima comprometida tivesse empregado o espectrômetro de massa na etapa inicial de inspeção de material, a sabotagem teria sido propriamente detectada e neutralizada.

Cadeia de Suprimentos

Muito se fala nos dias de hoje sobre os ataques à cadeia de suprimentos virtuais, especialmente aqueles em que o software é comprometido para chegar a ativos “mais valiosos”, porém os ataques às cadeias de suprimentos físicas também existem, e seus impactos são reais e de grande letalidade.

A difusão tecnológica dos smartphones e outros aparelhos conectados, como IoT, dão margem a integração desses nos ataques à cadeia de suprimento física. Os atores que dominarem tal campo, irão prevalecer nas guerras do futuro – que já estão ocorrendo, então, também, do presente – sejam elas físicas, virtuais ou uma mistura das duas.

Toda instituição que almeja um eficiente controle de qualidade dos equipamentos e matérias-primas adquiridas, precisa possuir tal ativo, o espectrômetro de massa – existem versões de grande ou pequeno porte.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s